FISIOTERAPIA

O que é?

Fisioterapia é a ciência que estuda, diagnostica, previne e recupera pacientes com distúrbios cinéticos funcionais intercorrentes em órgãos e sistemas do corpo humano. Trabalha com doenças geradas por alterações genéticas, traumas ou enfermidades adquiridas. 

O objetivo desta área é preservar, manter, desenvolver ou restaurar (reabilitação) a integridade de órgãos, sistemas ou funções. Utiliza-se de conhecimento e recursos próprios como parte do processo terapêutico nas condições psico-físico-social para promover melhoria de qualidade de vida. 

Fisioterapia - Clínica Espaço Saúde Mônica Merlim em Boa Esperança-ES
Fisioterapia - Clínica Espaço Saúde Mônica Merlim em Boa Esperança-ES
Fisioterapia - Clínica Espaço Saúde Mônica Merlim em Boa Esperança-ES

Algumas doenças tratadas pela fisioterapia

  • Artrite e artrose

  • Atrofia muscular

  • Cifose torácica e hipercifose

  • Deformidades congênitas do pé

  • Doenças musculosqueléticas

  • Dor cervical (cervicalgia)

  • Dor de cabeça

  • Dor na coluna torácica (dorsalgia)

  • Dor nas costas

  • Dor nos joelhos (gonartrose)

  • Dor nos ombros

  • Epicondilite

  • Escoliose

  • Esporão do calcâneo

  • Fasceíte plantar

  • Fibromialgia

  • Flacidez vaginal

  • Hérnia de disco

  • Incontinência urinária pós prostatectomia

  • Lombalgia (dor lombar)

  • Lordose

  • Luxação patelar

  • Luxações

  • Paraplegia

  • Pé torto

  • Tendinite

  • Torcicolo

 

Cervicalgia

A cervicalgia é um distúrbio musculoesquelético comumente reportado, que afeta de 10 a 20% da população geral e aproximadamente, 70% dos indivíduos em alguma época de sua vida, o que justifica a grande frequência de tais pacientes em consultórios de reumatologia e os milhões de dólares gastos anualmente no seu tratamento e ressarcimento. Pela dificuldade em identificar causas específicas de dor, a maioria dos pacientes tem diagnóstico de dor cervical mecânica, embora causas graves e incapacitantes, como as doenças inflamatórias, neoplásticas ou infecciosas, devam ser sempre lembradas.

O segmento cervical da coluna vertebral é composto por sete vértebras. Estas se articulam umas com as outras por meio de um sistema de articulações de complexidade pouco usual. Cada par de vértebras é separada pelo disco intervertebral e um par de articulações apofisárias, como em outras regiões da coluna. Entretanto, peculiarmente, os corpos vertebrais da região cervical articulam-se também através de um par adicional de articulações sinoviais em sua face póstero-lateral.

O principal distúrbio cervical que leva um paciente a procurar ajuda médica é a dor, seguida de deformidades e sintomas neurológicos como parestesias, fraqueza nos membros superiores ou espasticidade.

As princípais causas da cervicalgia são mecânicas ou traumáticas, as quais derivam principalmente de causas degenerativas, agrupadas sob o termo geral de espondilose ou espondiloartrose.

Os estudos clínicos são ainda insuficientes para se definir a melhor abordagem terapêutica,  embora esta dependa fundamentalmemte do fatos casual. Identificar e tratar de modo específico a doença é primordial.

Dica: Alongamento para quem sente dor na cervical

Lombalgia e Lombociatalgia

A lombalgia aguda é de alta prevalência e na maioria dos casos há resolução espontânea. É a mais prevalente causa de consulta médica após o resfriado comum, sendo que cerca de 80% das pessoas no mundo terão ao menos um episódio ao longo de suas vidas. Afeta homens e mulheres igualmente, com pico de incidência entre 30  e 50 anos.

Devem ser objetivos do tratamento da lombalgia mecânico-postural aguda a diminuição de sintomas com menor efeito colateral ou toxicidade e certificar o paciente da benignidade de sua doença, pois grande parte delas terá boa evolução mesmo sem tratamento. Os medicamentos utilizados incluem analgésicos, anti-inflamatórios não hormonais (AINHO), relaxantes musculares, corticosteroides e opioides.

Na lombalgia crônica, nenhuma terapia é eficiente, deve-se orientar o paciente sobre a necessidade de mudança de hábitos e, principalmente, a atitude de manter-se a espera passiva do alívio da dor. Os exercícios são indicados para se reduzir a sintomatologia e prevenir a recorrência de crises.

Fisioterapia - Clínica Espaço Saúde Mônica Merlim em Boa Esperança-ES

Lombalgia é definida como dor na região póstero-inferior do tronco compreendida entre o último arco costal e a prega glútea. Lombociatalgia é definida como dor lombar que se irradia pelo território de inversão do ciático. O termo pseudociática é utilizado por alguns referindo-se a dor com irradiação que não ultrapassa o joelho.

Dorsalgia

A dorsalgia pode ser definida como dor na região dorsal, podendo alcançar a região torácica e irradiar-se para cintura escapular, ombros e região lombar.

 Apesar da dorsalgia ser uma queixa menos frequente no consultório médico que as cervicalgias e lombalgias, ela não deixa de ter seu significado clínico e representar um verdadeiro desafio diagnóstico.

A coluna dorsal é o segmento da coluna vertebral com menor mobilidade. Seus movimentos são limitados pelos ligamentos da própria coluna vertebral, pela disposição das apófises espinais e orientação das facetas e também por todos os elementos ósseos, cartilaginosos e articulares da caixa torácica (costelas e esterno).

O tratamento específico deve ser dirigido à doença subjacente: antibióticoterapia nas infecções, e antiinflamatórios não-hormonais, corticosteróides DMARDs (drogas anti-reumáticas modificadoras de doença) nas artropatias inflamatórias, por exemplo.

Para alívio da dor, utilizam-se analgésicos simples e, mais raramente, analgésicos opióides. Antiinflamatórios não-hormonais e miorrelaxantes podem ser associados. Antidepressivos tricíclios, em baixas doses, são prescritos nos pacientes com dor crônica, fibromialgicos ou naqueles com dor miofascial. 

AVC (Acidente Vascular Cerebral)

A fisioterapia atua na recuperação funcional do indivíduo que sofreu acidente vascular cerebral, possibilitando e auxiliando o retorno às suas atividades de vida diária e ao convívio social.

CONTATO

Telefone: (27) 3768-1632

WhatsApp: (27) 99706-5632

E-mail: monicamerlim.fisio@gmail.com

Rua Cotaxé, 567A, Centro, Boa Esperança-ES - CEP: 29845-000

FUNCIONAMENTO

Segunda à Quinta: 7:00 às 19:00

Sexta: 7:00 às 16:00

Sábado e Domingo: Fechado

SOBRE NÓS

REDES SOCIAIS

  • Facebook Social Icon
  • Instagram
  • Blogger ícone social

DÚVIDAS